Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vamos lá ter um bebé!

Achavam que iam encontrar resposta para os dramas da maternidade? Não! Este blog conta a experiência de 2 pais inexperientes que ainda estão aprender a diferença entre body e babygrow. Prometemos doses de riso e muito amor!

Dois é a conta que Deus fez.

É tudo tão bonitinho, calmo e tranquilo. São duas miúdas lindas e cheia de saudinha, que mais poderia pedir uma mãe?
A realidade é muito menos instagramável.

Têm sido dias verdadeiramente duros e desafiantes. Dias que têm posto à prova qualquer sanidade mental que restava nesta família. 😱 (se é que ainda havia alguma!)

Há 4 semanas que não se dorme mais do que duas horas seguidas (e é um luxo!), os finais de dia são verdadeiramente caóticos (é especialmente agradável quando estou sozinha com elas e começam as duas aos gritos!), as viagens de carro fazem-nos querer abrir a porta em andamento e saltar (é incrível como isto pode parecer uma ideia tão boa!) e grande parte dos passeios acabam pouco antes de começarem. ☠️


Claro que a maternidade tem coisas muito lindas e felizes e que ter filhos é a melhor coisa do mundo, rebeubéu pardais ao ninho, mas é também a coisa mais difícil.. e esta está a ser uma fase bem cansativa!! 

Acho muito giro procriarem como coelhinhos e terem muitos filhos todos vestidos de igual para a fotografia da Páscoa, mas não contem mais comigo - só aceitarei mais seres vivos cá em casa se forem cor de laranja e viverem num aquário com sistema de alimentação e limpeza automático. 🐡😆
A mãe.

-you-cant-scare-me-i-have-two-daughters-f325f.png

 

A data de chegada.

Continuamos à espera e como nós está toda a gente... família mais próxima, família mais afastada, melhores amigos, amigos da escola, da faculdade, do trabalho e de outros tempos ... conhecidos com quem em tempos já trocámos umas palavras sobre um tema específico e pairam agora pelas nossas redes sociais como se fossem fantasmas (muito queridos tipo o Casper) que de vez em quando aparecem sob a forma de like ou comentário.

 

Resumidamente, está tudo à espera que a miúda venha cá para fora e ela teima em não sair!!

 

É muito engraçado porque nota-se uma grande vontade que ela nasça "Bora lá Di!; Despacha-te Miúda!; Vamos a isso!; Está quase, força!". Esta é uma sensação óptima, sentir que não somos só nós que estamos com vontade que ela venha conhecer o mundo. Temos a sorte de ter dos amigos mais selvagens aos mais emocionais e todos reagem de alguma forma carinhosa e uma pessoa sente-se preenchida com este amor que ninguém tem vergonha de exprimir porque se trata de um bebé.

 

É também neste momento que algumas das vontades pessoais vêm ao de cima e misturam-se rapidamente com o desejo de a ver. Então de uma forma muito carinhosa passam uma mão pela barriga e dizem-nos a nós ou directamente à Diana coisas que nos fazem rir à gargalhada!

 

"Na próxima semana não dá Diana, na próxima semana vou pintar a casa e remodelar a sala."

"Já agora aguenta-te mais um bocadinho que eu estou com uma gastrite e o miúdo está com febre."

"Tenho exame segunda, quarta e sexta. Bom bom era nasceres na próxima terça."

"Vamos para Londres na terça e só voltamos para a semana, aguenta-te até lá."

"Agora vou para a fisioterapia, às 18h00 podes nascer!"

 

 

E isto é muito confuso para uma criança, por isso já temos um google calendar para ver se conseguimos organizar o dia e a hora. Arranjámos uma comunicação simples de um pontapé para SIM, dois para NÃO e três para "INTERVALO PARA O CHOCOLATE" para combinarmos com a Diana e conseguirmos fazer a vontade a toda a gente. Até agora a negociação corre nos trinques e, ou bem que entendemos mal os pontapés, ou ela está a ser bem levada.

 

A mãe e o pai.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub