Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vamos lá ter um bebé!

Achavam que iam encontrar resposta para os dramas da maternidade? Não! Este blog conta a experiência de 2 pais inexperientes que ainda estão aprender a diferença entre body e babygrow. Prometemos doses de riso e muito amor!

E quando a miúda não se mexe?

Dizerem a uma grávida que tem de contar 10 movimentos do bebé de 5 em 5 horas, todos os dias, é a mesma coisa que pedir a um cozinheiro que conte o número de bolhas que a água faz até ferver.

 

Eu não quero ser paranóica nem stressadinha, mas uma pessoa habitua-se aos constantes pontapés e de repente a partir das 37 semanas começa a ter mini ataques quando não a sente durante um tempo. Monitorizar os movimentos do bebé não é uma coisa própriamente fácil e para contar já basta as calorias para ver se não chego (ou ultrapasso!!) os 20 kg a mais.

 

Isto para vos contar que acordo todos os dias com as galinhas (mais precisamente com o marido a ir exercer as suas funções de trabalhador exemplar) e depois não durmo mais porque a miúda começa desde cedo a estrebuchar e a armar-se em Telma Monteiro com as minhas costelas. 

 

Ontem foi um dia igual aos outros, lá abri o olho para despedir do homem e mal ele sai eu também me levanto para iniciar o meu dia de preparações para a chegada da miúda. Começa o stressezinho quando não a sinto. Vou tomar banho, não a sinto. Vou tomar o pequeno almoço, não a sinto. Vou enconstar-me no sofá numa posição que eu sei que é a preferida dela para me enfiar os pés nas costelas, não a sinto. 

Oh com um caraças, ainda nem nasceu e já fugiu de casa queres ver! 

 

Lembrei-me - vou comer chocolate dizem por aí que desperta os bebés. Lá se vai a minha "dieta sem doces nem pão" e toca de enfardar meio Daim que estava guardado religiosamente para um dia de festa (tou a mentir.. foi um Daim inteiro). Quase que nem o saboreei tamanha era a vontade de despachar o assunto... Nem 5 minutos foi preciso para começar a sentir um festival de rotativos nas costelas. 

a33cb576f37366c55706c20dca48ce4f.jpg

A todas as grávidas - a solução é Daim. Eu sempre soube e aposto que é uma solução para muito mais coisas.

A mãe.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub